Consultório Seminário: Av. Nossa Sra Aparecida,661 | (41) 3057-9443 Clínica 24h: R. Rockefeller, 566 | (41) 3333-7226
Emergência 24h (41) 3044-9301
Você sabia que o cigarro pode afetar seu animal de estimação?
4 de junho de 2018

Fumar perto do seu animal de estimação ou derrubar pontas de cigarro no chão pode ter efeitos negativos nos animais

Assim como os seres humanos, os animais estão propensos a sofrer de várias doenças que o cigarro e o fumo passivo trazem. Porém, muita gente desconhece os efeitos que o tabaco tem na saúde dos nossos animais de estimação.

Quais são os problemas causados pelo cigarro?

A nicotina é um dos principais compostos que resultam da combustão do tabaco, que entra no corpo através dos pulmões para, então, o resto do corpo assimilar.

Em grande quantidade, mesmo para os não fumantes, como é o caso dos animais, a nicotina pode ser extremamente prejudicial. Dependendo da raça e da espécie, os animais podem sofrer muito por causa desse vício dos humanos.

Por exemplo, cães com focinho curto ou braquicefálicos têm maior probabilidade de sofrer de sinusite e de câncer das vias respiratórias. A fumaça se concentra em maior volume nessas áreas, o que causa grande problema para o olfato do animal.

Como o fumo afeta os cães?

Um dos sentidos mais sensíveis e aguçados que os cães possuem é o olfato. Dessa forma, eles acabam sendo muito vulneráveis a doenças respiratórias associadas à fumaça do cigarro.

Estudos comprovam que cães, cujos donos são fumantes ativos, têm uma probabilidade extra de 40% de desenvolver algum tipo de câncer.

Além disso, o tabaco pode causar alergias de todos os tipos no corpo do animal, especialmente na área facial, como o nariz e os olhos.

E os gatos?

Os gatos são muito sensíveis à fumaça do cigarro, porque estão constantemente se limpando. As partículas da fumaça permanecem em sua pelagem e o gato as absorve enquanto se lambe. O câncer por via oral e respiratória são as doenças mais comuns às quais eles estão expostos.

Além disso, reações alérgicas nos olhos por causa da fumaça do cigarro também podem aparecer.

Se você suspeitar que o seu animal de estimação está com algum problema proveniente do cigarro, procure um veterinário para as orientações necessárias e para possíveis tratamentos. Porém, não se esqueça que fumar significa colocar o seu corpo em risco de desenvolver doenças, e além disso, prejudica a saúde daqueles que estão ao seu redor, inclusive o seu melhor amigo.

BLOG

28 de outubro de 2019
Como oferecer uma alimentação natural para o seu cachorro

Trocar a ração por alimentos frescos traz diversos benefícios para o seu pet Quem busca uma vida saudável, já...

25 de outubro de 2019
Como cuidar de um cão com câncer? 

Atendimento especializado e dedicação são fundamentais para enfrentar a doença  Se o seu cãozinho de estimação foi diagnosticado com...

18 de outubro de 2019
Encontrou um pássaro ferido na rua? Saiba o que fazer! 

Alguns cuidados são essenciais para capturar e transportar o animal em segurança Você provavelmente já avistou um pássaro machucado...