Consultório Seminário: Av. Nossa Sra Aparecida,661 | (41) 3057-9443 Clínica 24h: R. Rockefeller, 566 | (41) 3333-7226
Emergência 24h (41) 3044-9301
Quais são as causas e os sintomas da alergia nos cães?
6 de dezembro de 2018

Quando um cão sofre de algum tipo de alergia, é bem provável que sua qualidade de vida seja comprometida

Assim como nós, os cães também podem contrair algum tipo de alergia, e elas costumam ser muito comuns nos animais, independente da raça.

A reação mais tradicional e perceptível de uma possível alergia é na forma de coceira na pele, orelha, pés ou, em casos mais graves, através de problemas digestivos, como diarreia crônica.

Apesar desses sintomas, existem vários tipos diferentes de alergias caninas e elas podem se tornar um problema na vida do animal, causando forte incômodo em sua rotina.

Quais os tipos de alergia?

As alergias na pele são as mais comuns para os cães e podem ser provenientes de três principais causas: dermatite alérgica (pulga), alergias alimentares e alérgenos ambientais.

Dentre esses três, a dermatite alérgica é a que causa, mais comumente, reações alérgicas em cães.

As temidas pulgas

Como dissemos, a dermatite alérgica pode ser causada pelas temidas pulgas. Isso acontece porque alguns cães são alérgicos à saliva da pulga, o que acaba causando muita coceira, em todo o corpo.

Além da coceira excessiva, a pele vermelha, inchada e com crostas são sinais da presença das pulgas no animal.

Sensibilidades alimentares

Neste caso, o animal possui alergia a determinados alimentos, sendo conhecida como sensibilidade alimentar, que é a reação gradual de um ingrediente ofensivo na comida do cão.

A partir disso, a sensibilidade alimentar pode causar comichão na pele. Os locais mais comuns para isso são as orelhas e patas, além de sintomas gastrointestinais, como vômitos e diarreia.

Esse ambiente não está legal

Sabe quando você espirra horrores após entrar em uma sala empoeirada? Pois é, os cães também podem sofrer dos mesmos males. Por isso, ambientes cercados de poeira, pólen e mofo podem causar reações alérgicas atópicas no animal.

As áreas mais afetadas são as patas e orelhas do animal, mas é comum também aparecer sintomas em outras áreas como focinho, virilha e ao redor dos olhos.

Embora seja um grande problema, na maioria dos casos essas alergias são sazonais, ou seja, acontecem apenas em determinadas épocas do ano. Porém, em ambientes insalubres, isso pode ser mais frequente.

Existe um problema maior

As alergias cutâneas não apenas causam incômodo ao animal, mas também podem apresentar risco de infecção secundária, pois o animal, ao coçar, morder e lamber a região, expõe a pele a fungos e infecções bacterianas.

Por isso, é muito importante prestar atenção nos sintomas que listamos anteriormente para que o problema seja resolvido em sua fase inicial e não chegue a uma infecção secundária mais grave.

Caso você perceba alguma situação fora do normal, como coceiras exageradas, feridas na pele, incômodos estomacais, abatimento do animal, é muito recomendado procurar um médico veterinário para tratar do seu cãozinho.

A Clínica Vet Produtor, que possui atendimento 24 horas, e o Consultório Vet Produtor estão disponíveis para cuidar muito bem do seu melhor amigo. Acesse nosso site, confira nossos horários e marque sua consulta! 

BLOG

28 de outubro de 2019
Como oferecer uma alimentação natural para o seu cachorro

Trocar a ração por alimentos frescos traz diversos benefícios para o seu pet Quem busca uma vida saudável, já...

25 de outubro de 2019
Como cuidar de um cão com câncer? 

Atendimento especializado e dedicação são fundamentais para enfrentar a doença  Se o seu cãozinho de estimação foi diagnosticado com...

18 de outubro de 2019
Encontrou um pássaro ferido na rua? Saiba o que fazer! 

Alguns cuidados são essenciais para capturar e transportar o animal em segurança Você provavelmente já avistou um pássaro machucado...