Consultório Seminário: Av. Nossa Sra Aparecida,661 | (41) 3057-9443 Clínica 24h: R. Rockefeller, 566 | (41) 3333-7226
Emergência 24h (41) 3044-9301
Páscoa para pets? Cuidado com os chocolates!
18 de abril de 2019

A Páscoa é um momento muito gostoso para nós, certo? Mas para os nossos pets, os chocolates podem ser extremamente perigosos. Entenda

No próximo domingo, comemoramos uma das datas mais gostosas do ano, a Páscoa. É o momento da caça aos ovos, abrir aquelas deliciosas embalagens e aproveitar o gostinho impecável dos mais variados chocolates. Porém, diferente dos humanos, os pets não podem comemorar essa data. Mesmo nos olhando com aquelas carinhas lindas, pedindo por um pedacinho, é preciso entender que o chocolate é muito perigoso para a saúde dos animais.

Até em pequenas quantidades, os chocolates podem prejudicar e muito a saúde de cães e gatos. Uma porção, ainda que mínima, pode causar vômitos e diarreias. Embora pareça inofensivo, os chocolates possuem uma substância em sua composição que acaba prejudicando a saúde do animal.

Por que os chocolates são perigosos?

Os chocolates integram a lista de alimentos proibidos para os animais por oferecem grande risco aos pets. O grande responsável por tornar esse alimento um verdadeiro problema para cães e gatos é uma substância tóxica para eles presente no chocolate, a chamada teobromina. Essa substância é facilmente metabolizada pelo nosso organismo, não oferecendo riscos à nossa saúde, contudo, os pets não conseguem ter a mesma reação.

Os cães e gatos não conseguem eliminar esse componente de forma rápida e, por isso, os animais podem acabar intoxicados. Essa intoxicação pode causar diversos problemas, dependendo da quantidade ingerida e o tipo de chocolate, além de estar diretamente relacionado ao peso do animal e consequentemente ao seu porte.

Imagine que um cachorro de pequeno porte de aproximadamente 3kg ingere 35g de chocolate ao leite. Embora a porção seja pequena para nós, o alimento é capaz de provocar vômitos e diarreia. Caso a quantidade seja dobrada, por exemplo, os sintomas são mais perigosos, pois os batimentos cardíacos dos pets podem acelerar consideravelmente. Se a porção for muito grande, aproximadamente 100g, podem ocorrer tremores e convulsões.

Não pense que os chocolate mais amargos oferecem menos riscos, assim como é para nós, devido à redução de açúcar. Para os animais, isso pode representar um perigo em dobro. Isso porque a concentração da teobromina é maior nos chocolates deste tipo, o que intensifica e prejudica ainda mais a saúde de cães e gatos.

Quais são os sintomas mais comuns?

Como dissemos anteriormente, isso depende da quantidade que o animal ingeriu. Porém, os sintomas podem variar, partindo desde vômitos e diarreias, passando pelo aumento da frequência cardíaca e chegando até a tremores e convulsões.

Em casos mais graves, os sintomas podem incluir hipertermia, respiração ofegantes, hipertensão arterial, gastroenterite hemorrágica e dor abdominal.  Se o animal não receber tratamento emergencial, o quadro pode evoluir e levar o animal a óbito.

Por isso, preste muita atenção durante a Páscoa e não dê nenhum tipo de chocolate ao seu melhor amigo. Saiba que bolos, bolachas e demais doces e sobremesas à base de chocolate também oferecem os mesmos perigos. Dessa forma, caso o animal faça a ingestão acidental, leve-o ao veterinário imediatamente.

A Clínica Vet Produtor possui atendimento e clínica 24 horas, ideais para situações emergenciais que possam prejudicar a saúde do seu animal. São inúmeros serviços e exames realizados dentro do próprio local. Acesse nosso site e confira tudo o que podemos oferecer para cuidar do bem-estar e evitar riscos maiores ao seu melhor amigo. 

BLOG

28 de outubro de 2019
Como oferecer uma alimentação natural para o seu cachorro

Trocar a ração por alimentos frescos traz diversos benefícios para o seu pet Quem busca uma vida saudável, já...

25 de outubro de 2019
Como cuidar de um cão com câncer? 

Atendimento especializado e dedicação são fundamentais para enfrentar a doença  Se o seu cãozinho de estimação foi diagnosticado com...

18 de outubro de 2019
Encontrou um pássaro ferido na rua? Saiba o que fazer! 

Alguns cuidados são essenciais para capturar e transportar o animal em segurança Você provavelmente já avistou um pássaro machucado...