Consultório Seminário: Av. Nossa Sra Aparecida,661 | (41) 3057-9443 Clínica 24h: R. Rockefeller, 566 | (41) 3333-7226
Emergência 24h (41) 3044-9301
O que é a cinomose?
2 de maio de 2019

Conheça uma das doenças mais graves para os cachorros. A cinomose é causada por um vírus que sobrevive por muito tempo em ambientes secos e frios

 

A cinomose canina é uma doença infectocontagiosa, a qual afeta principalmente os filhotes por não terem terminado todo o esquema vacinal. Causada pela Paramyxovirus, do gênero Morbillivirus, a doença é extremamente grave, podendo levar à morte ou deixar graves sequelas nos animais que se curam. No entanto, conseguimos prevenir a cinomose, evitando que os cachorros sofram as consequências e transmitam a doença para outros animais. Confira.

 

O que é a cinomose?

Cinomose é uma doença altamente contagiosa provocada pelo vírus CDV (Canine Distemper Vírus) ou Vírus da Cinomose Canina (VCC), também conhecido como Vírus da Esgana Canina. Ele ataca o trato respiratório, digestivo e neurológico dos cães, na maioria dos casos ainda jovens ou idosos não imunizados.

Cães abandonados ou que moram nas ruas também são mais suscetíveis a terem a doença, pois ficam em locais precários, com pouca higiene e na presença recorrente de vírus e bactérias.

 

Quais os sintomas da cinomose?

Depois de contaminado, o cão ficará com o vírus incubado por um período de três a quinze dias. Durante esse tempo, os sintomas podem não ser identificados facilmente. Após esse período, o vírus começa a agir e se manifestar no corpo do bichinho. A descrição de sintomas para uma infecção viral aguda é caracterizada por:

 

  • febre bifásica;
  • secreção nasal e ocular;
  • indisposição;
  • anorexia;
  • depressão;
  • vômito;
  • diarréia;
  • desidratação;
  • leucopenia (células de defesa com quantidade abaixo do necessário);
  • dificuldades respiratórias;
  • sintomatologia neurológica.

De forma geral, o primeiro a ser atingido é o sistema digestivo, avançando até o sistema respiratório. Nos casos mais graves, a doença atinge o sistema nervoso central, causando problemas maiores.

 

Qual o tratamento da cinomose?

Não há medicamentos antivirais eficazes no combate da doença. O tratamento consiste em tratar os sintomas causados nos sistemas acometidos.

  • Antibiótico e antipirético são utilizados para tratar infecções secundárias que ocorrem no sistema digestivo e respiratório.
  • Soro para corrigir a desidratação proveniente da diarreia.
  • Anticonvulsivante pelo acometimento do sistema nervoso.
  • Suplementos nutricionais e vitamínicos.
  • Terapias alternativas – como acupuntura – para melhorar a resposta imunológica do animal.

A cinomose pode deixar sequelas no corpo do bichinho, como tremores musculares, andar desordenado e crises convulsivas, mesmo não portando mais o vírus.

 

Como prevenir meu cachorro da cinomose?

É bem simples. Você só precisa realizar a vacinação anual do seu cão. A vacina está dentro do pacote oferecido pelas vacinas V8, V10 e V11. No caso de filhotes, o bichinho precisa receber três a quatro doses de vacina a partir de 45 dias de vida, com intervalo de 21 a 30 dias. Após todas as vacinações, seu melhor amigo estará apto a combater o vírus, caso entre em contato com ele.

 

Essa doença é extremamente grave e precisa ser tratada como tal. Conte conosco da Clínica Vet Produtor para auxiliar seu bichinho neste momento.

BLOG

doação sangue animal
13 de junho de 2020
Animais também podem doar sangue

Você sabia que os pets também pode ajudar a salvar vidas doando sangue? A atitude nobre ainda é pouco...

vacina contra a gripe cachorro
2 de junho de 2020
Vacina contra a gripe para cães: saiba quando fazer

O inverno começa oficialmente no dia 21 de junho. Com ele, vem a queda da temperatura e a preocupação...

como limpar tartaro cachorro
22 de maio de 2020
Limpeza de tártaro: quando visitar o veterinário?

Você sabia que 80% dos cães com mais de 05 anos de idade sofrem com o acúmulo de tártaro?...