Consultório Seminário: Av. Nossa Sra Aparecida,661 | (41) 3057-9443 Clínica 24h: R. Rockefeller, 566 | (41) 3333-7226
Emergência 24h (41) 3044-9301
O que é a cinomose?
2 de maio de 2019

Conheça uma das doenças mais graves para os cachorros. A cinomose é causada por um vírus que sobrevive por muito tempo em ambientes secos e frios

 

A cinomose canina é uma doença infectocontagiosa, a qual afeta principalmente os filhotes por não terem terminado todo o esquema vacinal. Causada pela Paramyxovirus, do gênero Morbillivirus, a doença é extremamente grave, podendo levar à morte ou deixar graves sequelas nos animais que se curam. No entanto, conseguimos prevenir a cinomose, evitando que os cachorros sofram as consequências e transmitam a doença para outros animais. Confira.

 

O que é a cinomose?

Cinomose é uma doença altamente contagiosa provocada pelo vírus CDV (Canine Distemper Vírus) ou Vírus da Cinomose Canina (VCC), também conhecido como Vírus da Esgana Canina. Ele ataca o trato respiratório, digestivo e neurológico dos cães, na maioria dos casos ainda jovens ou idosos não imunizados.

Cães abandonados ou que moram nas ruas também são mais suscetíveis a terem a doença, pois ficam em locais precários, com pouca higiene e na presença recorrente de vírus e bactérias.

 

Quais os sintomas da cinomose?

Depois de contaminado, o cão ficará com o vírus incubado por um período de três a quinze dias. Durante esse tempo, os sintomas podem não ser identificados facilmente. Após esse período, o vírus começa a agir e se manifestar no corpo do bichinho. A descrição de sintomas para uma infecção viral aguda é caracterizada por:

 

  • febre bifásica;
  • secreção nasal e ocular;
  • indisposição;
  • anorexia;
  • depressão;
  • vômito;
  • diarréia;
  • desidratação;
  • leucopenia (células de defesa com quantidade abaixo do necessário);
  • dificuldades respiratórias;
  • sintomatologia neurológica.

De forma geral, o primeiro a ser atingido é o sistema digestivo, avançando até o sistema respiratório. Nos casos mais graves, a doença atinge o sistema nervoso central, causando problemas maiores.

 

Qual o tratamento da cinomose?

Não há medicamentos antivirais eficazes no combate da doença. O tratamento consiste em tratar os sintomas causados nos sistemas acometidos.

  • Antibiótico e antipirético são utilizados para tratar infecções secundárias que ocorrem no sistema digestivo e respiratório.
  • Soro para corrigir a desidratação proveniente da diarreia.
  • Anticonvulsivante pelo acometimento do sistema nervoso.
  • Suplementos nutricionais e vitamínicos.
  • Terapias alternativas – como acupuntura – para melhorar a resposta imunológica do animal.

A cinomose pode deixar sequelas no corpo do bichinho, como tremores musculares, andar desordenado e crises convulsivas, mesmo não portando mais o vírus.

 

Como prevenir meu cachorro da cinomose?

É bem simples. Você só precisa realizar a vacinação anual do seu cão. A vacina está dentro do pacote oferecido pelas vacinas V8, V10 e V11. No caso de filhotes, o bichinho precisa receber três a quatro doses de vacina a partir de 45 dias de vida, com intervalo de 21 a 30 dias. Após todas as vacinações, seu melhor amigo estará apto a combater o vírus, caso entre em contato com ele.

 

Essa doença é extremamente grave e precisa ser tratada como tal. Conte conosco da Clínica Vet Produtor para auxiliar seu bichinho neste momento.

BLOG

28 de outubro de 2019
Como oferecer uma alimentação natural para o seu cachorro

Trocar a ração por alimentos frescos traz diversos benefícios para o seu pet Quem busca uma vida saudável, já...

25 de outubro de 2019
Como cuidar de um cão com câncer? 

Atendimento especializado e dedicação são fundamentais para enfrentar a doença  Se o seu cãozinho de estimação foi diagnosticado com...

18 de outubro de 2019
Encontrou um pássaro ferido na rua? Saiba o que fazer! 

Alguns cuidados são essenciais para capturar e transportar o animal em segurança Você provavelmente já avistou um pássaro machucado...