Consultório Seminário: Av. Nossa Sra Aparecida,661 | (41) 3057-9443 Clínica 24h: R. Rockefeller, 566 | (41) 3333-7226
Emergência 24h (41) 3044-9301
Como saber se meu bichinho está com diabetes?
9 de maio de 2019

A diabetes não tem cura, mas pode ser tratada com sucesso! Saiba mais sobre os sintomas e os tratamentos necessários

 

A Diabetes Mellitus é uma doença endócrina crônica, a qual pode ocorrer nos cães e nos gatos. Caracterizada por um aumento de açúcar no sangue (hiperglicemia), a diabetes ocorre a partir da deficiência em produzir insulina suficiente para as necessidades do seu animal.

Os sintomas mais frequentes são perda de peso, aumento da ingestão de água, do apetite e da frequência urinária. São raras, mas também podem ocorrer o aparecimento de cataratas, pancreatite e outras infecções. Estes riscos são diminuídos quando a doença for bem controlada, sendo tratada da melhor forma possível!

 

Quais são as complicações da diabetes?

A diabetes pode causar cegueira e os machucados demoram para se fechar. Além disso, pode ocorrer alguns estragos fatais nos rins e no coração. Complicações neste nível só são evitadas se o bichinho receber injeções diárias de insulina. No mais, é preciso cuidar bem da alimentação e estimular seu animal a se exercitar todos os dias. Mudanças de hábitos são extremamente necessárias para controlar a diabetes!

 

Quais são os principais sintomas da diabetes?

O sintoma mais comum é a poliúria (excesso de urina). Isso ocorre porque o rim já não consegue mais absorver a glicose, fazendo com que o animal urine mais do que o normal. Caso você perceba que seu bichinho está assim, leve-o imediatamente ao seu veterinário de confiança.

Outra característica bem importante é a maior ingestão de água e um hálito semelhante ao da acetona. Em casos em que a doença está mais avançada, seu animal pode apresentar muito cansaço ou fadiga.

O mais importante e eficaz é avaliar qualquer alteração de comportamento do seu cão ou gato! Quando controlada no início, é difícil que a doença evolua para sequelas mais graves.

 

Qual é a forma de tratamento para diabetes?

Depende muito do tipo da diabetes e do estado do animal. Porém, devido à grande perda de líquido, geralmente é recomendado fluidoterapia (ingestão de soro). A mudança de hábitos, como dito anteriormente, é fundamental para o tratamento correto. Rações dietéticas e uso de injeções de insulina são algumas das recomendações. Consulte seu veterinário para ter o tratamento adequado para seu bichinho.

Nós, da Clínica Vet Produtor, estamos disponíveis para te ajudar 24 horas por dia. Ao menor sinal de mudanças comportamentais, traga seu bichinho para avaliarmos.

BLOG

doação sangue animal
13 de junho de 2020
Animais também podem doar sangue

Você sabia que os pets também pode ajudar a salvar vidas doando sangue? A atitude nobre ainda é pouco...

vacina contra a gripe cachorro
2 de junho de 2020
Vacina contra a gripe para cães: saiba quando fazer

O inverno começa oficialmente no dia 21 de junho. Com ele, vem a queda da temperatura e a preocupação...

como limpar tartaro cachorro
22 de maio de 2020
Limpeza de tártaro: quando visitar o veterinário?

Você sabia que 80% dos cães com mais de 05 anos de idade sofrem com o acúmulo de tártaro?...