Consultório Seminário: Av. Nossa Sra Aparecida,661 | (41) 3057-9443 Clínica 24h: R. Rockefeller, 566 | (41) 3333-7226
Emergência 24h (41) 3044-9301
Como prevenir a cistite no seu gato?
5 de agosto de 2019

Conheça mais sobre este problema urinário bastante comum entre os felinos

A cistite é um problema bastante comum entre os felinos e pode ser causada por uma série de fatores distintos. A obesidade, ingestão insuficiente de água e o estresse são apenas algumas das causas que desencadeiam esta doença que pode evoluir para complicações ainda mais sérias. Conheça mais sobre a enfermidade abaixo:

Causas da cistite

As causas da cistite felina são inúmeras e a doença tende a ser mais frequente em gatos entre dois e seis anos. Animais que apresentam obesidade excessiva, problemas de diabetes, pedras na bexiga e tumores são mais suscetíveis ao aparecimento da doença. Felinos que possuem uma dieta exclusivamente composta por rações secas e de qualidade inferior também correm maiores riscos, até mesmo de desenvolver uma cistite bacteriana, que é rara entre os felinos.

Os sintomas da doença

Os sinais da cistite felina são claros e facilitam o seu diagnóstico. A diminuição da quantidade de xixi, dificuldade para usar a caixinha de areia, odor muito forte e até mesmo sangue na urina do animal são indicativos da doença. Outro forte indicativo do problema é quando o gato passa a urinar em locais inapropriados e incomuns. Isto acontece pois o animal associa a dor com o local em que se alivia, por isso procura outros lugares para urinar e tentar evitar o desconforto.

Como prevenir que meu bichano desenvolva a doença?

A adoção de simples hábitos podem livrar seu pet desta incômoda complicação. Confira as dicas a seguir:

  • Ofereça bastante água: Os gatos costumam não beber muita água, ainda mais se tratando do líquido parado. Portanto é crucial ter uma fonte específica para gatos no ambiente, assim toda vez que passarem pela fonte e escutarem o barulhinho de água, eles se sentem inclinados a beber um pouco.
  • Não economize na ração: Alimentos de baixa qualidade e rações secas podem estimular o aparecimento de problemas urinários. Além disso, é importante oferecer comida úmida para seus gatos regularmente, já que os sachês contêm uma quantidade razoável de água em sua composição.
  • Mantenha a caixinha de areia limpa: A quantidade de caixas de areia varia conforme o número de bichanos pela casa, mas a regra é sempre ter uma caixinha a mais do que a quantia de gatos. Além de oferecer o número de banheiros necessários, é importante mantê-los limpos. Gatos não gostam de sujeira e podem segurar o xixi caso seus banheirinhos estejam imundos, o que pode alavancar a cistite e outros problemas urinários.

 

Agora que você conhece melhor esta doença, aproveite para acessar o site da Clínica Vet Produtor e agende uma consulta para o seu bichano!

 

BLOG

doação sangue animal
13 de junho de 2020
Animais também podem doar sangue

Você sabia que os pets também pode ajudar a salvar vidas doando sangue? A atitude nobre ainda é pouco...

vacina contra a gripe cachorro
2 de junho de 2020
Vacina contra a gripe para cães: saiba quando fazer

O inverno começa oficialmente no dia 21 de junho. Com ele, vem a queda da temperatura e a preocupação...

como limpar tartaro cachorro
22 de maio de 2020
Limpeza de tártaro: quando visitar o veterinário?

Você sabia que 80% dos cães com mais de 05 anos de idade sofrem com o acúmulo de tártaro?...