Consultório Seminário: Av. Nossa Sra Aparecida,661 | (41) 3057-9443 Clínica 24h: R. Rockefeller, 566 | (41) 3333-7226
Emergência 24h (41) 3044-9301
Como é feita a fisioterapia em animais?
12 de abril de 2019

A fisioterapia em animais permite auxiliar no processo de reabilitação quando o pet sofre algum tipo de lesão

Da mesma forma que os humanos, os animais podem precisar de fisioterapia em caso de lesão nos tecidos, fraturas ou traumas. Esse serviço pode ser realizado em cães e gatos.

A fisioterapia animal é utilizada para reduzir a dor, inchaço e a inflamação, proporcionando melhores condições para restaurar o movimento, a função normal e construir força e massa muscular.

Em quais tratamentos a fisioterapia animal é utilizada?

É bom que se diga que esse tratamento também é reconhecido como uma forma de prevenção, cura e reabilitação de muitas condições que os animais possam vir a sofrer.

As áreas mais comuns nas quais se aplica este tipo de tratamento são:

– Para melhorar o rendimento e o tratamento de lesões musculoesqueléticas que os cães de competição podem apresentar;

– Para reabilitar animais que têm algum tipo de problema ortopédico ou neurológico;

– Para elevar a qualidade de vida em pacientes com doenças degenerativas, como a artrite, reduzir a degeneração e tratar os espasmos musculares.

Por conta disso, a fisioterapia é muito efetiva nos seguintes casos:

  • Combater a dor em músculos ou dores decorrentes de contusões;
  • Espasmos musculares;
  • Distensão muscular;
  • Tensão muscular;
  • Atrofia muscular;
  • Tendões e ligamentos das patas e articulações rompidas;
  • Lesão sacroilíaca;
  • Rompimento do ligamento cruzado;
  • Otimizar a recuperação após a operação;
  • Ortopedia;
  • Otimizar a recuperação de fraturas normais e não consolidadas (quando o osso não se recupera);
  • Ajudar a aliviar a dor nas articulações artríticas e doentes e atrasar a degeneração;
  • Melhorar e manter a faixa de movimento e o tônus muscular.

Quem se encarrega desses tipos de terapias?

O grande responsável por esse tratamento é o fisioterapeuta animal. Eles empregam técnicas manuais e equipamentos fisioterapêuticos para colocar em prática diferentes formas de reabilitação.

Ele é responsável por planejar programas de exercícios individuais para ajudar cada animal a atingir seu pleno potencial. Além disso, eles dão conselhos sobre a adaptação ao meio que ajudará o animal a realizar tarefas com mais facilidade.

Quando o animal deve começar o tratamento?

A fisioterapia deve começar, geralmente, logo após a cirurgia ou lesão, não tendo a possibilidade de esperar para a eliminação das suturas.

Em alguns casos, pode acontecer da fisioterapia ser oferecido ainda no hospital veterinário.

Todos os pacientes requerem encaminhamento veterinário antes de sua primeira sessão de fisioterapia. Isso acontece para que haja um diagnóstico correto e adequado para cuidar da saúde do animal.

Viu só como é possível auxiliar o seu pet a melhorar após uma lesão, cirurgia ou complicações devido à idade avançada? A Clínica Vet possui como especialidade também a Fisioterapia, que pode ser essencial para o seu melhor amigo. Acesse nosso site e saiba mais 

 

BLOG

28 de outubro de 2019
Como oferecer uma alimentação natural para o seu cachorro

Trocar a ração por alimentos frescos traz diversos benefícios para o seu pet Quem busca uma vida saudável, já...

25 de outubro de 2019
Como cuidar de um cão com câncer? 

Atendimento especializado e dedicação são fundamentais para enfrentar a doença  Se o seu cãozinho de estimação foi diagnosticado com...

18 de outubro de 2019
Encontrou um pássaro ferido na rua? Saiba o que fazer! 

Alguns cuidados são essenciais para capturar e transportar o animal em segurança Você provavelmente já avistou um pássaro machucado...