Consultório Seminário: Av. Nossa Sra Aparecida,661 | (41) 3057-9443 Clínica 24h: R. Rockefeller, 566 | (41) 3333-7226
Emergência 24h (41) 3044-9301
6 Dicas para viajar com gatos
20 de dezembro de 2018

Com o fim do ano chegando, é preciso saber algumas dicas se pretende viajar com os gatos

Você deve saber que os gatos são extremamente sensíveis e muito afetados quando há qualquer tipo de mudança de rotina.

Essas mudanças podem ser desde um novo animal de estimação, uma mudança de lares ou até mesmo uma viagem de férias. Nessa época do ano, as viagens com animais tendem a se intensificar e, por isso, é preciso saber algumas dicas.

Como viajar com gatos?

Muitos acreditam que viajar com gatos é impossível, mas isso não é verdade. Seguindo alguns conselhos básicos, sua viagem pode ser mais tranquila.

01. Não se esqueça da caixa de transporte

A primeira regra que você precisa saber é que, independente do meio de transporte utilizado na viagem, a caixa de transporte é obrigatória por lei.

Por isso, se você não tiver uma caixa de transporte, procure uma que seja do tamanho adequado para o seu animal, no qual ele consiga se movimentar e deitar sem problemas.

02. Sem comidas e nem bebidas

É essencial que o gato faça jejum por pelo menos 12 horas antes da viagem. Dessa maneira, é possível evitar que ele vomite, já que eles não estão preparado e nem acostumados com esse tipo de deslocamento.

03. Faça algumas paradas

Se a sua viagem for mais demorada e você tiver que ir de carro ou de ônibus, é importante aproveitar as paradas para que o gato possa fazer suas necessidades e beber água, se ele não estiver enjoado.

Não se esqueça que o seu bichinho poderá estar um pouco irritado e sensível. Por isso, ao tirá-lo da caixinha para essas atividades, tome cuidado para que ele não fuja.

 

04. O sedativo pode ser uma boa opção

Isso varia de animal para animal, mas se ele é um pouco nervoso, ansioso e agitado, talvez a viagem possa ser mais tranquila se você sedá-lo.

Para saber o tipo e quantidade de sedativo que você poderá utilizar, é essencial, antes da viagem, levá-lo em um veterinário para que ele realize uma avaliação no pet.

05. Comprimidos para enjoo? Talvez ele precise

Se você nunca viajou com o seu animalzinho e não sabe como ele vai reagir a uma viagem ou se já sabe que ele costuma enjoar durante as viagens, vale prevenir-se e oferecer alguns medicamentos para enjoo antes de sair.

É importante ressaltar que medicamentos humanos não são recomendados para os felinos, é preciso que o veterinário responsável indique o melhor comprimido para cuidar do gatinho.

06. Não se esqueça dos brinquedinhos

Para que o animal fique mais calmo durante a viagem, você pode deixar junto na caixinha transportadora alguns dos seus brinquedinhos preferidos. Dessa forma, ele se sentirá mais seguro e tranquilo e não notará a viagem.

Além disso, durante o trajeto ou quando chegar o destino, dê a ele uma recompensa pelo bom comportamento: seja um petisquinho, ração molhada ou um brinquedinho novo.

Agora que você já sabe como viajar com o gato, sem que ele sofra durante o trajeto, siga todas as dicas e tenha uma viagem mais tranquila. Não se esqueça de oferecer todas as condições possíveis para que o animal se sinta bem no local de destino da viagem, longe de qualquer risco.  

BLOG

doação sangue animal
13 de junho de 2020
Animais também podem doar sangue

Você sabia que os pets também pode ajudar a salvar vidas doando sangue? A atitude nobre ainda é pouco...

vacina contra a gripe cachorro
2 de junho de 2020
Vacina contra a gripe para cães: saiba quando fazer

O inverno começa oficialmente no dia 21 de junho. Com ele, vem a queda da temperatura e a preocupação...

como limpar tartaro cachorro
22 de maio de 2020
Limpeza de tártaro: quando visitar o veterinário?

Você sabia que 80% dos cães com mais de 05 anos de idade sofrem com o acúmulo de tártaro?...